EUA proíbem fotos de bases militares no Google

Fonte: BBC Brasil.

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos proibiu o Google de oferecer imagens detalhadas de bases militares americanas, como o tem feito em serviços como Google Maps e o recém-lançado Street View.

Imagens dessas instalações em close-up e feitas do nível da rua representam uma "ameaça potencial" à segurança, disse o Pentágono.

A iniciativa se segue à descoberta de imagens da base do Exército em Houston, Fort Sam, no Estado americano do Texas, no serviço Street View, do Google Maps, que oferece na internet vistas panorâmicas de 360 graus tomadas ao nível do chão em 30 cidades dos Estados Unidos.

O serviço permite que internautas dirijam por uma rua, com sentido virtual, usando o mouse para ajustar a visão do cenário ao lado.

Um porta-voz do Google disse que as imagens dos locais sobre os quais os militares americanos manifestaram preocupação foram retiradas do site.

Larry Yu disse que a decisão da empresa de divulgar os detalhes da base no Texas foi "um erro".

Mas como muitas das imagens foram tiradas de vias públicas, as Forças Armadas dos Estados Unidos podem não ter direito legal de ordenar a remoção de todas elas.

Street View já causou controvérsia por causa de questões de privacidade.

Em um caso, o site revelou um homem deixando um clube de striptease.

O serviço Google Earth, que oferece imagens tiradas por satélite de qualquer parte do mundo, foi criticado por outros governos, preocupados que ele possa tornar públicos detalhes de determinadas instalações, comprometendo sua segurança.

"Nós tentamos adotar uma política de pedido de remoção de imagem - não só relativa a militares mas a usuários também", disse Yu.

"Se as pessoas têm preocupação, elas deveriam nos contactar."

del.icio.usYahooMyWebdigg

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License